insights

Nova CPMF segue em estudo para “ampliar base de arrecadação”; economistas criticam

26.Agosto.2020

A nova CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras) segue em estudo pela equipe econômica do governo. “[a ideia é] Ampliar a base de arrecadação com esse novo tributo que capture melhor o fluxo da economia digital", disse Renata Canado, assessora do ministro da Economia, Paulo Guedes, durante live promovida pelos jornais Valor e O Globo.

O governo vê na criação desse imposto uma maneira de recuperar parte da arrecadação, fortemente afetada por conta da pandemia de Covid-19. No entanto, economistas criticam a medida e destacam que a única maneira de combater o déficit fiscal de maneira concreta é promovendo o corte de gastos públicos e incentivando a economia.

Convex

Receba nossa Newsletter