insights

Nassim Taleb diz que ter um pouco de ouro e bitcoin ajuda a “dormir bem”

25.Agosto.2020

Da Redação 

Em momentos de grandes incertezas econômicas como agora, algumas atitudes vão ajudar a manter sua carteira de investimentos mais defensiva e imune aos solavancos mais fortes. Para o filósofo e matemático Nassim Taleb, ter reservas de valor é fundamental para enfrentar esse momento e proteger os chamados “riscos de cauda”.

“Para dormir bem, tenha um pouco de ouro e/ou bitcoin, mas não muito”, escreveu em seu Twitter na última semana.

Taleb é reconhecido como um dos principais pensadores do mercado financeiro e criador do conceito de antifragilidade. No best seller “Antifrágil: coisas que se beneficiam com o caos”, ele mostra que quando um sistema antifrágil é exposto à desordem e ao caos, ele consegue absorver o choque e reverter a crise a seu favor, retornando ainda melhor.

Já em um sistema frágil, as grandes crises tendem a provocar um impacto irreversível, que faz todo sistema colapsar e ruir.

“A antifragilidade está além da resiliência ou da robustez. O resiliente resiste a choques e permanece o mesmo. O antifrágil fica melhor”, escreve Taleb em um trecho do livro.

Ouro e criptomoedas

Taleb frequentemente fala sobre a importância do ouro e das criptomoedas em carteiras de investimentos consideradas antifrágeis, ou seja, que se além de enfrentarem e resistirem às crises, ainda conseguem se beneficiar delas.

O Líbano, seu país natal (Taleb é libanês radicado nos EUA), enfrenta um dos piores colapsos econômicos desde a Guerra Civil, entre 1975 e 1990. Diante da pandemia do novo coronavírus, o Banco do Líbano estava ordenando que as remessas de moedas estrangeiras fossem pagas na moeda local. A resposta de Taleb foi rápida: “Usem criptomoedas!”, tuitou.

O ouro também é visto por ele como uma das principais armas para enfrentar momentos de crise e caos nas economias. Taleb já falou que além de possuir ouro, tem exposição a ações de mineradoras que extraem o metal como forma de se proteger.

Hedge fund valorizou mais de 4.000% em meio ao caos

Uma amostra de como a antifragilidade funciona em meio a cenários caóticos e incertos pode ser vista nos resultados da gestora Universa Investments, que tem Taleb como conselheiro.

No primeiro trimestre deste ano, enquanto os mercados globais derretiam por conta do pânico provocado pela pandemia de Covid-19, a Unversa informou que seu hedge fund registrou valorização de impressionantes 4.144%.

 

 

Convex

Receba nossa Newsletter